Por um modelo agrícola de educação

Por um modelo agrícola de educação. Defende Sir Ken Robison em palestra no TED

No vídeo abaixo, as reflexões de Sir Ken Robison sobre aducação são inspiradoras.
Ken inicia sua fala nos alertando para a hipnose das idéias antigas e para a necessidade de uma revolução no sistema educacional:

muitas de nossas idéias têm sido formadas não para atender às circuntâncias desse século, mas para superar as circunstâncias de séculos anteriores.Mas nossas mentes ainda estão hiponitizadas por elas.

 Todo sistema de Educação no mundo está sendo reformado neste momento, e isso não é suficiente. A reforma não é mais útil, porque é apenas aperfeiçoar um sistema quebrado. O que precisamos – e essa palavra tem sido usada muitas vezes durante os últimos dias, não é uma evolução, mas uma revolução na educação.Ela deve ser tranformada em outra coisa. Grifo meu.

Ken recorre a Lincon para nos estimular a ir em direção à revolução:

Os dogmas do passado queito são inadequados para o presente turbulento. A ocasião está amontoada de dificuldades, e devemos nos erguer com a ocasião. Como nosso caso é novo, devemos pensar de novas maneiras e agir de outros modos. Devemos nos descativar e então devemos salvar nosso país. (Lincon)

A revolução, acredita Sir Ken, seria fomentar um modelo agrícola de educação. Em oposição ao modelo de educação industrial, ele propõe mudar a metáfora para “modelo agrícola”. O que ele quer dizer, e faz isso com uma competência fenomenal, é que o modelo da fábrica trata todos de modo igual, assassina as competências e força um destino. No modelo agrícola, como faz o fazendeiro, o professor deveria criar as condições para que as competências floresçam, e não colocá-las numa forma e numa esteira para a produção em série.

Assista:  Sir Ken Robinson: Bring on the learning revolution!

Por mais paradoxal que possa parecer a primeira vista, Ken convoca os envolvidos com alta tecnologia e se envolverem com essa revolução (agrícola), já que a tecnologias aliadas às competências dos professores poderão ajudar a criar o modelo de educaçao agrícola: orgânico e que respeite as diferentes competências.

Enfim, por tudo que Ken Robison brilhantemente nos traz, seja você tambem um professor fazendeiro, um professor da revolução agrícola da educação. Pense como as tecnologias aliadas às suas competências podem ajudar a implantar essa revolução tão necessária e urgente, embora não seja necessária nenhuma tecnologia digital para isso, trata-se, sim, de atitude, que não se limita a ação docente na sala de aula, de uma revolução ampla que alcance todos os níveis do sistema educacional, conforme destaca Sir Ken.

Fonte: http://webparaeducadores.blogspot.com.br/2010/08/por-um-modelo-agricola-de-educacao.html

 

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s